Feng Shui

 fengshui_anjos.jpg

bagua1.jpg

Feng Shui Interior

  A bagunça é inimiga da prosperidade. Ninguém está livre da desorganização .
A bagunça forma-se sem que se perceba e nem sempre é visível.
  A sala parece em ordem, a cozinha também, mas basta abrir os armários para ver que estão cheios de inutilidades.
  De acordo com o Feng Shui Interior – uma corrente do Feng Shui que mistura aspectos psicológicos dos moradores com  conceitos da tradicional técnica chinesa de harmonização de ambientes – bagunça  provoca  cansaço e imobilidade, faz as pessoas viverem no passado, engorda, confunde, deprime, tira o foco de coisas importantes, atrasa a vida e atrapalha relacionamentos.
Para evitar tudo isso fique atento as  regras abaixo:

1. Jogue fora o jornal de anteontem.

2. Somente coloque uma coisa nova em casa quando se livrar de uma velha. 3. Tenha latas de lixo espalhadas nos ambientes, use-as e limpe-as diariamente.4. Guarde coisas semelhantes juntas; arrume roupas no armário de acordo com a cor e fique só com as que utiliza mesmo.5. Toda sexta-feira é dia de jogar papel fora.

6. Todo dia 30, por exemplo, faça limpeza geral e use caixas de  papelão marcadas: lixo, consertos, reciclagem, em dúvida, presentes, doação.
Após enchê-las, jogue tudo fora.

7. Organize devagar, comece por gavetas e armários e depois escolha um cômodo, faça tudo no seu ritmo e observe as mudanças acontecendo na sua vida.

Veja uma lista de atitudes pessoais capazes de esgotar as nossas energias 

Conheça cada dessas ações para evitar a “crise energética pessoal “.

1. Maus hábitos, falta de cuidado com o corpo – Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética.
2. Pensamentos obsessivos – Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso.
Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de  trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos – mal comum ao homem ocidental, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos.
Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia  e atrai mais negatividade para nossas vidas.
3. Sentimentos tóxicos – Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos. Medo e culpa também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos, ‘como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energia e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.
4. Fugir do presente – As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto àqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.
5. Falta de perdão – Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e si mesmo, fica “energeticamente obeso”, carregando fardos passados.
6. Mentira pessoal -Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual.  Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.
7. Viver a vida do outro – Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do  outro, sofrendo seus problemas ‘e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse  caso, é a frustração.

8. Bagunça e projetos inacabados – A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo. À medida que ordenamos  e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio. Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe “diz” inconscientemente: “você não me terminou! Você não me terminou!” Isso gasta uma energia tremenda. Ou  você a termina ou livre-se dela e assuma que não vai concluir o trabalho. O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do autoconhecimento, da disciplina e da terminação fará com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.
9. Afastamento da natureza – A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.
Divulgue essas dicas para o maior número de pessoas possível e mentalize que, quando todos colocarem essas regras em prática, o mundo será mais justo e mais belo. Vamos tentar melhorar nossa energia pessoal. Atitudes erradas jogam energia pessoal no lixo.


Posicionar os móveis de maneira correta, usar espelhos para proteger a entrada da casa, colocar sinos de vento para elevar a energia ou ter fontes d’água para acalmar o ambiente, são medidas que se tornarão ineficientes se quem vive neste espaço não cuidar da própria energia. Portanto, os efeitos positivos da aplicação do Feng Shui nos ambientes estão diretamente relacionados à contenção da perda de energia das pessoas que moram ou trabalham no local. O ambiente faz a pessoa, e vice-versa.


A perda de energia pessoal pode ser manifestada de  várias formas, tais como: a falha de memória (o famoso “branco”); o cansaço físico, o sono deixa se ser reparador; o ocorrência de doenças degenerativas e psicossomáticas. Para economizar energia – o crescimento pessoal, a prosperidade e a satisfação diminuem – os talentos não se manifestam mais por falta de energia, o magnetismo pessoal desaparece, medo constante de que o outro o prejudique, aumentando a competição, o individualismo e a agressividade, falta proteção contra as energias negativas e aumenta o risco de sofrer com o “vampiro energético”.  

 

  postado em 22 de fevereiro de 2008

Fontes:  www.centrosaimetropolitanodorecife.com
                 
www.escolasaipe.com.br  

__x__

Primeiramente colocarei apenas um introdução e aos poucos irei inserindo mais informações sobre este assunto:

Projeto do Lar

Os seguidores do feng shui acreditam qu cada ambiente pode ser dividido em 08 áreas, sendo que cada uma representa um aspecto da vida: Relacionamentos, Sucesso, Criatividade, Amigos, Trabalho, Espiritualidade, Família e Prosperidade. O ba-gua dividido em oito casas, é usado para fazer o diagnóstico de um ambiente.

Devemos observar primeiramente:

A- VERIFICAR ENERGIAS da casa com aurímetro, pêndulo, dual rod, varinha radiestésica;

B – LIMPEZA em todos os níveis. Concertar rachaduras, eliminar môfos e inflitrações. É aconselhável pintura uma vez por ano;

C – DOAÇÃO de objetos fora de uso

D – ORDEM – primeira lei universal de energia cósmica, para que flua constantemente, deve haver  ORDEM e LIMPEZA senão a energia é bloqueada;

E – Usar CORES claras e positivas;

F – PLANTAS elas ativam as energias em todos os cantos da casa. Na frente da casa – arbustos e plantas decorativas.

Arvores e Bambus por  trás da casa para proteção.

Plantas podem ser usadas em cada canto da sala inclusive podem ser verdadeiras ou artificiais;

G – Se o prédio em frente é mais alto, ele tolhe a energia e dá visão limitada da vida.  É com plantar arbustos entre as construções para proteção;

H- ÁGUA Sob a casa cura é feita pela terra. Colocação de vasos de barro, muitas plantas, jardim de pedra, objetos de cerâmica;

I – FORMAS PONTEAGUDAS de Igreja – cura com água: pequenoas fontes de água, fonte luminosa, mobile de peixe, aquário luminoso;

J – ANTENAS, TORRES DE TV e correlatos  – cura pelo fogo: vela, incenso, chaminé, fogueira;

K – NA PORTA DE ENTRADA o baguá em forma de espelho, para afugentar o negativo. Coloque de forma que  não seja mais alto do que as pessoas ao entrarem;

L – NA ENTRADA DA CASA – Colocar tapete em cor viva; Vestíbulo luminoso, sugiro a cor amarela como cor; colocar poltrona(cadeiras) de boas vindas na entrada e/ou um quadro se houver espaço;

M – NA SALA DE VISITAS dispor os sofás em U para que a energia possa fluir;

N – EVITAR colunas quadradas formando  um angulo 90 graus; ideal redondas. Se não for possível quebrar os ângulos com revestimento de madeira, plantas e espelhos;

O –  Usar ESPELHOS para ativar cantos, subidas de escadas, corredores estreitos e afins. Espelhos ideais: longos e arredondados;

P – APARELHOS ELÉTRICOS – TV, Som, Computador, ar refrigerado são negativos em quartos de dormir. Eu recomendo a placa SCAP( André Phillippe);

Q – SOL E LUA figuras positivas, um de cada lado. Móbiles entre portas e janelas ajudam a reter o KI;

R – ESTATUETAS SAGRADAS  para situações pendentes. Se rio ou rua desenbocam em sua casa, colocar objeto sagrado na porta;

S – FLAUTA DE BAMBU pendurada com bocas para baixo. Antes de colocar, assoprar – serve para prosperidade e proteção.

T – Morando em frente a Rio ou Mar colocar no cantinho da prosperidade, água rolando (fonte, cristal) atraindo com espelho octogonal, de modo a refletir o mar;

U – PORTA EM FRENTE À JANELA – energia vai   embora. Corredor com quartos dos dois lados divide a energia, escada em frente a porta – a nenergia não circula, sobe diretamente, como que sugada;

Postado por Beki Bassan em o2 de Fevereiro de 2008.

V – Maquinas de lavar, freezer, geladeiras, etc… usar SCAP pode ser em placa radiônica ou adesivo

W- QUARTO DE DORMIR

Evitar orientação de cama com pés para porta a cabeceira virada para o Norte e os pés para o Sul,

Não usar móveis de metal,

Evitar no quarto uso de TV/computador e correlatos

Os espelhos devem ser oval ou redondo. Não devem refletir a pessoa na cama. Aconselho que se os espelhos  forem quadrados cobrir com pano preto ao dormir,

Manter portas de armários, gavetas fechadas,

X – Banheiro

Portas de banheiro devem sempre ficar fechadas,

Cristais no box e/ou banheira(4 lados)

Sais aromáticos

Manter a tampa do vaso sanitário abaixada.

Y – Cozinha

Não manter lixeira  junto ao fogão,

Retirar constantemente o lixo,

Fogão limpo: suas espelho atrás para aumentar no. de boca.

Z –   Gerais: Para ativar energia KI e evitar CHA:

 Ter campainhas vento, sinos, velas, pirâmides, baguá, mobiles,

Simbolos sagrados: Cruz Ansada, Cruz Latina, Yoshua, Yaveh,

Cristais, plantas e quadros com gravuras positivas.

postado por B.Bassan em 17.02.08

Fontes: anotações pessoais e apostila N. Mística

                                                                                                                                                                                                                                                      

Responses

  1. amei este artigo um abraço

  2. Olá,
    porfavor, me tire uma dúvida:
    Moro no Recreio dos Bandeirantes (RJ) a 1 mes, e acordo todos os dias com dores de cabeça e na coluna e febre alta.
    Meu quarto é pequeno, a cama devido ao armário ter que ficar no quarto, ela fica localizada com a cabeça para o norte e os pés para o sul.
    O que faço para evitar o CHA no meu quarto?
    E trazer minha saúde de volta?
    Grata,
    Laura.

  3. minha cama está com a cabeceira para o lado oeste e pés para o lado sul, para mudar a posição da cama com a cabeceira lado norte ficaria embaixo da janela e pés para o sul.

    • Olá Helena,
      Este site está sendo desativado e estou terminando um site e te informarei.
      Olha o lado não importa o que não deves ter os seus pés voltado para a porta. Se de todo for impossível coloque pendurado na porta um cristal branco para que a energia não fuja.
      Qualquer coisa estou ao seu dispor
      Abraços,
      Beki


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: